Início do ciclo astrológico – 20/03/2019 ✨

Ano de Marte, aí meu Deus! Isso significa intensidade, se soubermos usar a energia pode ser trabalhada pra gente focar em muita coisa boa! O que esse início de ciclo astrológico nos trás? A primavera, maravilhosa! Opa! Mas pera!

Falo daqui, da ala América do Norte, a descoberta e criação da astrologia se deu da percepção entre todas as mudanças da natureza através das fases da lua, e assim foi descoberto a entrada de cada signo e a relação com suas estações, o que faz muito sentido energeticamente quando você estuda as características de cada signo e as estações. Tudo bem, isso poderia dar um outro post, hoje tudo que importa é que finalmente se da o início da primeira, e começa um novo ano astrológico.

Todo ano é regido por um planeta, cada dia da semana também tem um planeta que se manifesta e por isso temos as diversas sensações de um dia muito cansativo, outro preguiçoso, aquele acelerado, outro mais animado! Tudo isso e a forma como nos sentimos tem a ver com essa questão dos trânsitos diários! Marte é um planeta de força e ação, tem o lado positivo de usarmos essa energia que é intensa, densa e acelerada, para focarmos em projetos, trabalho, academia, tudo aquilo que queremos dar vazão, criar, fazer acontecer. Porque Marte além de ser acelerado, e vamos sentir esse ano voar, ele trás a energia da guerra, das brigas, e está totalmente ligado a desastres naturais, principalmente fogo, e o planeta está passando por uma limpeza energética muito grande, quanto mais soubermos usar as energias dos astros a nosso favor, mais estaremos favorecendo no coletivo também, e usando essa energia para criar coisas lindas.

O relógio astrológico começa em Áries, em sentido horário chega até peixes sendo assim o último signo do ciclo da astrologia e iniciando um novo ciclo em Áries novamente. Se você é do signo de Áries, terá muita influência esse ano com o planeta de Marte em 2019 desde que é o planeta regente do signo de Áries.

Essa energia de recomeço fala muito a linguagem de quem vive no norte, porque passamos meses com muito frio e neve, a natureza recolhida, guardando energia, quase como nos, para então reviver, se renovar, e voltar linda na primavera! Assim a gente acaba realmente se sentindo por cada estação do ano ser completamente marcada por uma natureza completamente diferente uma da outra em cada uma delas, por suas temperaturas, e até por cada colheita de alimentos, e atividades para serem feitas. Vivemos cada uma delas, e isso faz o entender o estudo dos astros e suas influências a coisa mais linda ainda.

É importante analisar as fases, as energias que estão rodeando o planeta, se conhecer, se sentir, para que você consiga integrar coisas que precisa, ressignificar energias para abrir espaço e então deixar fluir, assim se abrir para um começo. O ciclo é da astrologia e marca desde lá de atrás em outubro o começo de uma abertura energética de limpeza do que não cabe mais na nossa vida com o encerramento e recomeço de ciclos nossos pessoais, e mercúrio retrógrado veio nesse meio tempo para que pudéssemos reavaliar algumas coisas. Quando não entendemos isso, perdemos a oportunidade energética de deixar passar um momento que seria mais favorável para nos ajudar a dar um passo, e realmente integrar aprendizados no nosso ser, e nos permitindo viver coisas novas. Porém estamos em constante mudança e as reflexões valem a pena a qualquer momento, de forma que possamos liberar as energias em outros aspectos também favoráveis durante o ano. Lembrem-se que mercúrio é (eu sou, eu faço).

O ano vai ser bom, vai ser! Mas ele vai ser pra quem sabe enxergar que tudo que vem é aprendizado, que o vitimismo não cabe mais aqui nesse ano. Ser vítima baixa ainda mais a nossa vibração, nós não somos vítimas. Precisamos nos responsabilizar por nossas escolhas, ações, reações e até por coisas que fazemos inconscientes, pois o auto conhecimento está aí pra todos, precisamos ir atrás, nos conhecer e assim trazer mais leveza, mais encantamento com o nosso próprio processo. Saber solucionar questões de forma mais prática, entender que sentir suas dores, se perdoar, ressignificar é uma coisa e escolher seguir sentindo porque acha que isso vai resolver e que te dando sentir uma hora vai desaparecer, ou que vai surgir uma mensagem do além, alguém da família ou um amigo em algum momento dirá algo que irá salvar sua vida do sofrimento, isso não vai acontecer! Nós somos responsáveis por nossas escolhas e processos, se o seu tempo tiver demorando muito, se observe!!

O ano de Marte pede, atitude, auto-responsabilidade!

Que a gente possa fazer isso da forma mais elevada e amorosa que conseguirmos!

Namastê!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s